H√° atualmente milhares de consumidores brasileiros que t√™m conseguido economizar na conta de luz usando a¬†energia solar.¬†√Č o caso de microempres√°rio C√©lio Gurgel, que mora em Fortaleza, no Cear√°. Segundo ele, depois que instalou um pequeno sistema fotovoltaico no telhado de sua casa h√° seis meses a economia m√©dia mensal tem sido de 70% no custeio com eletricidade.

Em tempos de crise pelo qual o Brasil est√° passando esta √© uma boa not√≠cia. Gurgel comenta que, al√©m da parte financeira, tem tamb√©m o aspecto da sustentabilidade, uma vez que a energia solar √© natural, n√£o polui o meio ambiente e √© inesgot√°vel. O sistema na resid√™ncia do microempres√°rio foi instalado pela empresa ECO Solu√ß√Ķes em Energia, sob coordena√ß√£o de Jonas Becker, que √© executivo da empresa e coordenador estadual da Associa√ß√£o Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), entidade que re√ļne as empresas e profissionais de toda cadeia produtiva do segmento solar fotovoltaico no Brasil, da gera√ß√£o distribu√≠da √† gera√ß√£o centralizada.¬†

Estudos indicam que um sistema de energia solar em vida √ļtil de pelo menos 25 anos. Portanto, um sistema bem dimensionado pode reduzir os gastos com a energia em at√© 95% para os consumidores residenciais. Desta forma, valores que seriam destinados ao pagamento da energia podem ser destinados para outras necessidades primordiais, como alimenta√ß√£o, sa√ļde e educa√ß√£o.¬†

De acordo com a ABSOLAR, desde 2012, os investimentos privados em sistemas de energia solar em resid√™ncias ultrapassaram R$ 4,2 bilh√Ķes no Brasil. As moradias representam 72,6% de todos os sistemas de¬†gera√ß√£o distribu√≠da solar¬†fotovoltaica, de um total de mais de 210 mil conex√Ķes espalhadas por mais de 81% dos munic√≠pios do Brasil.

E as notícias boas não param por aqui. O Brasil ainda tem mais de 70 linhas de financiamento para quem quer adquirir a tecnologia, com taxas de juros abaixo de 0,9% ao mês, o que ajuda na instalação. A economia na conta de energia trazida pela fonte solar já paga a parcela do financiamento. 

Trata-se de um investimento importante, uma vez que os consumidores residenciais são os que pagam os maiores valores pela energia elétrica que consomem. Neste momento, a tecnologia solar fotovoltaica tornou-se uma importante aliada ao bolso do consumidor. Também ajuda no orçamento das empresas e dos governos, os protege contra aumentos anuais das tarifas e ainda ajuda o meio ambiente e a sustentabilidade.