As usinas solares fotovoltaicas atingiram recorde de geração na Região Nordeste.

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a capacidade instalada na região equivale a 1,2 gigawatt (GW).

Em 25 de setembro de 2019, às 11h57, a geração atingiu o fator de capacidade instantâneo de 94%.

Dessa forma, a máxima diária alcançou 1,13 GW, o suficiente para suprir 10,3% da demanda elétrica da região.

Usinas de energia solar
De acordo com a Absolar, o Brasil conta atualmente com 2,2 GW de potência instalada operacional em usinas solares fotovoltaicas de grande porte, o equivalente a 1,3% a matriz elétrica do país.

Assim, a geração de energia solar ocupa a sétima posição na matriz elétrica brasileira, tendo ultrapassado neste ano a fonte nuclear, que conta com 1,9 GW (1,1%) provenientes das usinas de Angra I e Angra II, no Rio de Janeiro.

Existem usinas solares fotovoltaicas em nove estados do Brasil, nas regiões Nordeste, Norte e Sudeste, com destaque para Bahia, Ceará, Minas Gerais, Piauí e São Paulo.

São 73 projetos de geração de energia fotovoltaica em operação, contratados por meio de leilões de energia do governo federal.

Por fim, a Absolar estima que o investimento privado em grandes usinas solares fotovoltaicas alcançará R$ 23,2 bilhões até 2023.

 

Fonte: inova.jor